CERQUE-SE DE BOA ENERGIA E ATRAIA BEM-ESTAR, SAÚDE E PROSPERIDADE.

COMPARTILHE ESSE ARTIGO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

 

Começo de ano é um momento excelente para renovar a vida, as energias e porque não a casa. Com algumas técnicas simples de limpeza, você consegue harmonizar a sua casa e sua vida, cercando-se de boa energia e atraindo bem-estar, saúde e prosperidade.

De acordo com as técnicas milenares do Feng Shui e da Radiestesia, toda construção é considerada como uma estrutura viva. Assim como no ser humano, a casa também tem uma “personalidade”, ou seja, características próprias que formam um ecossistema onde todas as coisas nela são interligadas: Homem, construção, mobiliário, energias concretas e abstratas.

E mais, cada casa é um caso, pois cada uma tem a sua individualidade e como tal, precisa ser tratada de forma única. Esta individualidade confere características que podem ser saudáveis ou não ao ambiente e seus moradores.

Como diz Roger La Forrest, em seu livro Casas que matam: “A casa, é o local onde o homem se sente seguro e feliz. O bem e o mal, o melhor e o pior ali acontecem ao homem que vive, come e dorme, que pensa e imagina, que trabalha e descansa, que cria e sonha, (…)A beleza, o encanto, o conforto de uma casa ou de um apartamento são fáceis de apreciar, mas, não obstante, ao pisar pela primeira vez na casa recém comprada ou alugada, o novo ocupante corre o risco de se ver bombardeado e condicionado por forças que nascem e emanam do subsolo, dos alicerces da casa, das chuvas imateriais que se precipitam do cosmos, dos materiais empregados em sua construção, de linhas inventadas por um arquiteto, de objetos e decoração cuja geometria podem irradiar “ondas de forma” e até mesmo das memórias das paredes (…). A casa aprisiona o homem numa rede de linhas de força que condicionam tanto sua saúde como sua felicidade e estado mental. Nenhum ser vivo pode evitar a influência da casa em que vive.”
Paredes, solo, telhado, vigas de sustentação, janelas e portas, são como no corpo humano, estruturas semelhantes à pele, aos pés, à cabeça, aos ossos, músculos, poros e orifícios.

As paredes, consideradas como a “pele” da casa, conservam pegadas de todos os acontecimentos, de todas as cenas e espetáculos que presenciaram e dependendo do que ali foi vivenciado, vão influenciar de forma positiva ou negativa os seus atuais moradores.

As alegrias, os sofrimentos, os sentimentos e inclusive os pensamentos humanos criam, no interior da casa, um ambiente vibratório composto de inumeráveis microvibrações, deixando cicatrizes.

Um ambiente no qual só se tenha produzido acontecimentos felizes, exalará eflúvios benéficos que favorecerão a felicidade de seus ocupantes. Pelo contrário, a herança do passado contagiará de infortúnio o presente, se as paredes recordarem, digamos medos, inseguranças, violência, doenças, suicídio, etc… Após um processo de incorporação, ela restituirá as recordações acumuladas sob a forma de radiações que influirão – benéfica ou maleficamente – nos subsequentes habitantes da casa.

Um local que é constantemente influenciado por energias nocivas, com o passar do tempo, ficará denso e pesado, podendo afetar as pessoas em sua saúde emocional, mental e física. Brigas, sensação de peso nas costas, estresse, mal-estar, bocejos frequentes e desmotivação são sinais de que o ambiente está “carregado”.

Sendo assim, como podemos harmonizar os ambientes destas energias nem sempre “amigáveis”?

A limpeza de forma geral é um dos aspectos mais importantes do processo, criando espaço e consciência para as mudanças. É impossível viver bem num local pouco arejado, desorganizado, úmido, entulhado de coisas. Acúmulo de materiais, roupas, livros, sapatos, aparelhos eletroeletrônicos e móveis sem uso, etc…, fazem a energia ficar estagnada. Situações como essas agridem a energia boa do ambiente e o “Ch´i” que deveria fluir harmoniosamente, fica estagnado fazendo adoecer a casa e seus moradores.

Quando limpamos a casa, organizamos os armários, arrumamos as gavetas, dispensamos objetos e móveis sem uso, rasgamos papéis velhos; abrimos espaço para o novo! A energia vital começa a fluir, proporcionando um ambiente de bem-estar no qual mudanças harmoniosas começam a acontecer.

Então, Mãos à Obra:

1. Efetuar a limpeza física do ambiente.

Deve-se retirar, doar, ou se desfazer de todos os móveis, roupas e objetos que não estão mais em uso e após, fazer a limpeza física em toda a casa. Limpeza de batentes, portas e azulejos também são muito importantes. A organização e a higiene são fundamentais para afastar boa parte da desarmonia.

2. Efetuar Limpeza Energética no Ambiente.

Anil, Amoníaco, Terebintina, Incensos, Defumações Aromatizadores de Limpeza e Harmonização, Cones, Banhos Energéticos, Gráficos de proteção, prosperadores, são algumas das formas eficazes de eliminar a maior parte das energias destrutivas de uma casa e atrair a prosperidade e a abundância para seus moradores.

Quer conhecer mais sobre o assunto?

Visite o site https://www.soniadaniel.com.br, lá você encontrará uma diversidade de cursos que irão abordar mais profundamente este tema e ensinar você a harmonizar e equilibrar a sua casa e a sua vida.

 

SÔNIA DANIEL

SÔNIA DANIEL

É Educadora, Terapeuta Holística há mais de 19 anos, Consultora em Feng Shui, Palestrante e Orientadora nos Cursos de Radiestesia e Radiônica, Florais de Bach, Minas e Saint Germain, Tarô, Feng Shui e Baralho Cigano.

Comments (01)

  1. olá tenho interesse em mais informações sobre os cursos que são realizados aqui no Rio de Janeiro, aguardo o retorno OBRIGADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *